Nova geração do Duster terá apresentação pública no Salão de Genebra

20/11/2023 08:49 || Atualizado: 20/11/2023 08:49

Antes, ainda neste mês de novembro, terceira linhagem do SUV será revelada

Adiantada nos últimos meses através de flagras e projeções, a nova geração do Duster já tem data e local marcados para ser revelada: dia 29 de novembro, em Portugal. Na ocasião, a Dacia apresentará o modelo para a imprensa e divulgará os principais detalhes da nova linhagem. O público em geral, no entanto, não conhecerá o novo SUV na mesma oportunidade.

Segundo reportagem recente da agência de notícias Automotive News, a estreia público do Duster 2025 acontecerá somente no ano que vem, durante o Salão de Genebra. A mostra, realizada na Suíça, acontecerá entre os dias 26 de fevereiro e 3 de março. Logo depois, o modelo já começará a ser vendido nos principais mercados da Europa. Por lá, o Duster vendeu 122.203 unidades nos primeiros 9 meses deste ano (+7,5%), mesmo em vias de trocar de geração.

Nesta nova geração, a promessa é de reformulação total e implementação das maiores mudanças técnicas e dinâmicas já vistas na história do Duster. Para começar, a atual plataforma B0, herdada ainda da primeira geração, será finalmente aposentada. No lugar, entrará a nova arquitetura modular CMF-B do grupo Renault, já usada nas novas gerações europeias de Logan e Sandero, além do crossover Kardian

A base será responsável por proporcionar todos os avanços esperados, além de abrir caminho para a eletrificação. Dessa forma, o Duster de nova geração já nascerá compatível com propulsão híbrida e até elétrica. Outra novidade será a oferta de freios a disco também na traseira - algo que a Dacia não adota desde o seu primeiro carro, o 1100, baseado no Renault 8 e que foi vendido no final da década de 1960.

Executivos da Dacia já adiantaram que o consumidor deve esperar da próxima linhagem do Duster mudanças em aspectos como condução e dirigibilidade, além de modernidade, porte e NVH (sigla em inglês para ruído, vibração e aspereza). Na prática, será o mais refinado Duster já feito.

As vendas serão iniciadas primeiro no mercado europeu, onde o Duster é vendido como Dacia. Já no Brasil, onde o SUV é comercializado como Renault, a troca de geração deve demorar para acontecer. O Duster atual chegou por aqui em 2020, cerca de três anos depois da Europa, e ainda receberá facelift antes de mudar completamente.